Um dia no Sesc Pantanal
Posted on: June 26, 2012, by : Ze Edu Camargo
Nascer do sol no rio Cuiabá

 

Acho que ninguém pensou ainda em uma lista dos melhores lugares para o birding no Brasil. Mas em nenhuma delas deveria faltar o Pantanal. A alta concentração de fauna em geral (e da avifauna em particular), os espaços amplos e abertos, a possibilidade de encontrar espécies de diferentes biomas (como Amazônia, Cerrado e até Mata Atlântica) são atrativos irresistíveis.

Para gente de boa parte do país, no entanto, Pantanal remete a um lugar longe e inacessível. Nada mais falso. A duas horas de carro de Cuiabá, a capital de Mato Grosso, o hotel Sesc Pantanal permite desfrutar as belezas dessa região sem abrir mão de conforto e segurança. E fica numa excelente região para a observação de aves. O Sesc mantém uma RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural) que conserva uma enorme área. Este ano, durante uma viagem a trabalho para Cuiabá, tirei um dia para passarinhar no hotel. Saí da capital no meio da tarde e cheguei ao hotel no entardecer. A rodovia (asfaltada) que liga Poconé ao Sesc, na região de Porto Cercado, não leva o nome de estrada-parque à toa. Nas margens já é possível observar, do carro mesmo, diversas aves que procuram os campos e plantações: marrecas, tapicurus, gaviões.

Um dia de birding por lá começa antes do sol nascer. Ainda de madrugada, saí com o guia do hotel e mais alguns turistas para um passeio de barco pelo rio Cuiabá. Com um farolete, o guia procura por aves noturnas, como bacuraus e urutaus. Já no alvorecer, encontramos tachãs, garças-reais e um bando de jacutingas-de-garganta azul.

Depois do café (e de uma chuva que apareceu do nada), parti para um dia de birding solo. Na verdade, o entorno do hotel é tão rico que, mesmo para quem não tem muita experiência, encontrar as aves não se mostra uma tarefa difícil. Passei a manhã percorrendo a pé a estrada asfaltada ao lado do hotel, que atravessa áreas de vegetação baixa e alagada. Usando o playback, consegui boas fotos do bentevizinho-do-brejo, de caturritas, graveteiro, sabiá-gongá e do coleiro-do-brejo.

À tarde, depois do almoço, explorei (também a pé) a estrada de terra que leva à Baía das Pedras, uma outra unidade do Sesc. Ao longo da estrada há um cerradão alto, com alguns trechos de mata alagável. Fiz um grand-slam de martins-pescadores (a expressão é minha), com o martim-pescador-grande, o martim-pescador-verde, o martim-pescador-pequeno e o (mais raro) martinho. Na estrada também encontrei um casal de curiós, comprovando que a área é muito bem-preservada.

No final, a conta era fantástica: mais de 30 lifers, fora aqueles que escutei e não consegui avistar, como o arapaçu-de-garganta-amarela e o saci. Isso em apenas um dia. O que você está esperando?

Martim-pescador-pequeno
Bentevizinho-do-brejo

 

Jacutinga-de-garganta-azul

31 thoughts on “Um dia no Sesc Pantanal

  1. I have been surfing on the web for hours now, and I found your post to be one of the best constructed articles and will definitely pass that along to a few buddies. Thanks for the great information! Time to head back to this amazing beach!

  2. Oi,
    Tal como você tb eu já tive o previlégio de percorrer tudo isso.
    A estrada de Cuiaba a Porto Cercado (na epoca ainda não tinhe asfalto, decorria o ano 2000).
    Observei aves nas redondezas do hotel (todos dias havia um tema para observação: das plantas medicinais as aves)
    Fiz uma focagem noturna de jacarés e aves. E um nascer do nal maravilhoso no rio Cuiaba.
    Percorri o caminho não asfaltado do hotel ao Aras (nessa epoca o aras estava em construção); o meio de transporte foi o bondinho que, por causa de uma trovoada vinda do nada atolou, tendo de ser socorrido por outro de maior potencia.
    A toda a equipa do SESC Porto Cercado o meu bem haja, especialmente ao Zé (condutor da nossa lancha) é um amor de pessoa. Sei que ainda está no ativo, eu sigo bem de perto, via net claro, toda a evolução que por aí vai yendo lugar.
    Até um dia ……. quero muito voltar.

  3. Muito legal… em novembro ficarei 05 dias no SESC Pantanal, espero conseguir ver e fotografar muitas aves. Grande abraço.

  4. I love what you guys tend to be up too. This type of clever work and coverage! Keep up the amazing works guys I’ve you guys to my own blogroll.

  5. Greetings from Florida! I’m bored at work so I decided to check out your blog on my iphone during lunch break. I love the information you present here and can’t wait to take a look when I get home. I’m shocked at how fast your blog loaded on my cell phone .. I’m not even using WIFI, just 3G .. Anyhow, excellent blog!

    http://www.lamana.com

  6. I enjoy reading through an article that will make people think. Also, thank you for allowing for me to comment!

  7. belíssimas aves, belíssimas fotos, lugar incrível gostei muito do Bentevi do brejo , é um sonho, auguem me mande as passagens com tudo pago por favor.

  8. What i do not realize is in truth how you are not actually much more well-liked than you might be now. You’re so intelligent. You recognize therefore significantly in the case of this topic, made me individually believe it from a lot of varied angles. Its like men and women aren’t interested until it’s something to accomplish with Lady gaga! Your personal stuffs excellent. All the time take care of it up!

    http://www.chakuma.com

  9. Thanks for the guidelines you have shared here. Something important I would like to state is that personal computer memory demands generally increase along with other advancements in the engineering. For instance, as soon as new generations of processor chips are brought to the market, there is certainly usually a corresponding increase in the shape calls for of both computer memory in addition to hard drive space. This is because software program operated simply by these cpus will inevitably rise in power to take advantage of the new technologies.

  10. Que maravilha de passeio, eu moro em Campo Grande-MS, resolvi passar o no final de semana na região do Nabileque, no sul do pantanal, em um dia de passeio numa pequena mata consegui registrar 35 tipos de passaros. Para que gosta de fotos é um ótimo lugar.

  11. Luciano, tudo bem? O sabiá-gongá (Saltator coerulescens) e o trinca-ferro (Saltator similis) são bem parecidos. Mas o canto é bem diferente. No Pantanal o sabiá-gongá é uma espécie bem comum. Outra maneira de diferenciar á a linha supraciliar, mais curta no sabiá-gongá.

  12. Ola Ze Eduardo Camargo,eu me chamo Eraldo gosto muito desta area da natureza,de trilhas de observar aves e mamiferos;entao tenho em sociedade aqui em PIEDADE/SP area de 250hec de mata atlantica bem preservada,pois se trata de um continuo e estamos com plano de trabalhar com o eco turismo se incluir o byrding ;vossa pessoa ou sua ong nao se interesava em vir identificar as especies de aves aq existentes ja q sao varias e variedades de biodiversidade.Se ouver interese me mande resposta neste email.Desde ja o meu muito obrigado.Abços.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

%d bloggers like this: