avistar talks

Avistar Talks, muito além da observação de aves

Ok, você já sabe que o Avistar ocorre este fim de semana em São Paulo no Parque Villa-Lobos. Mas, na verdade, ele começa na sexta, com um pré-evento imperdível: o Avistar Talks. É uma reunião de talentos, no palco do Teatro Santa Cruz, em apresentações curtas no estilo TED. Este ano a programação está (com o perdão do trocadilho) um show (confira aqui). Uma delas será de um grande amazonense de Envira, chamado Cleudilon. Ou Passarinho, para os mais chegados. Ele vai mostrar um pouco de sua incrível habilidade (veja mais no vídeo, que eu gravei há dois anos no Rio Negro). Outra atração do Avistar Talks é o anúncio dos vencedores do concurso de fotos Avistar. Eu vou, vamos?

Avistar à vista!

Condor na Patagônia: estrela do workshop em outubro. Foto: Arthur Morris/Divulgação

O evento que entrou de vez no calendário dos apaixonados por aves já tem data: 17 a 19 de maio em São Paulo. Mas o certo, talvez, seria dizer que ele já tem datas. Porque a edição de SP é apenas a primeira do ano. Já estão confirmados encontros no Rio, em Brasília, Santa Catarina e Minas Gerais. E a cereja do bolo, em outubro, é o Avistar Patagônia, um workshop de fotografia de aves com nomes internacionais de peso.

O evento em São Paulo abre o calendário com o Avistar Talks, um encontro delicioso com palestrantes multidisciplinares, que falam dos mais variados temas – a paixão pela aves é apenas um fio condutor comum. A feira, no Parque Villa Lobos, tem desde boas pechinchas em livros e viagens até encontros mais aprofundados com pesquisadores e fotógrafos. Esse clima é repetido nas outras edições do Avistar pelo Brasil, que sempre reúnem bom público e gente do meio.

Mas a grande novidade este ano é o Avistar Patagônia. Uma viagem a Torres del Paine com a possibilidade de aprender com grandes fotógrafos, como   Arthur Morris, David Tipling e o brasileiro Edson Endrigo, pesquisadores como Alvaro Jaramillo e especialistas em tratamento de imagens como Denise Ipolitto e Octávio Campos Salles. Tudo isso em meio à paisagem monumental da Patagônia, em uma estação especial para a observação e fotografia de aves.

Mais informações sobre o Avistar? Clique aqui. Para acessar o hotsite do Avistar Patagônia, é só entrar aqui.