Brasília

Vem aí o Avistar Brasília

Alô, alô, birders do Planalto Central. Em agosto (nos dias 11 e 12) ocorre na capital federal o Avistar Brasília, evento que os observadores não podem perder. Vão rolar palestras, oficinas, atividades para as crianças e passeios pelo Jardim Botânico de Brasília (que, de quebra, é um belo local para observar aves). Mais informações no site do evento.

 

Onde observar aves em Brasília

 

Tapaculo-de-colarinho (Melanopareia torquata). Foto Hugo Viana.

Quem chega ao Distrito Federal de avião percebe sem esforço: a cidade é cercada por extensos trechos de mata. Assim como o Plano Piloto, eles também fizeram parte do projeto da capital. Servem para proteger os mananciais de água. Sorte dos birdwatchers que moram em Brasília, e também daqueles que conseguem algumas horas nas viagens a trabalho por lá, pois tudo é muito perto. A meu pedido, o fotógrafo Hugo Viana fez uma seleção dos melhores lugares (abertos à visitação) para se observar aves nos arredores:

1) Parque Nacional de Brasília (PARNA-DF)
2) Hermida Dom Bosco
3) Parque Olhos D’água
4) Floresta Nacional de Brasília (FLONA-DF)
5) Parque da Cidade
6) Jardim Botânico

Hugo é um dos participantes de um belo projeto no DF, chamado Oito Fotógrafos e Um Destino, junto com Bertrando Campos, Evando Lopes, João Martins, Margi Moss, Roberto Aguiar, Rodrigo D’Alessandro e Tancredo Maia. Eles fazem o levantamento da avifauna na Estação Ecológica Águas Emendadas, nos arredores de Brasília. São do Hugo Viana as fotos que acompanham este post, todas de espécies registradas nos arredores da cidade.

Brasília está em uma autêntica área de cerrado, bioma muito ameaçado no Brasil. O ano de 2011 foi especialmente difícil, principalmente por causa das queimadas, em função da prolongada estiagem que afetou a região. Mas o verão chegou trazendo chuva, e agora é uma boa época para tentar fotos de aves endêmicas do cerrado, como o tapaculo-de-colarinho e a campainha-azul.

Balança-rabo-de-máscara (Polioptila dumicola), Abertura F5, Velocidade 1/400, Distância Focal 500 mm. Foto Hugo Viana.
Campainha-azul (Porphyrospiza caerulescens), Abertura F6.3, Velocidade 1/800, Distância Focal 500 mm. Foto Hugo Viana.
Sebinho-de-olho-de-ouro – Foto: Hugo Viana

 

Estalador (Corythopis delalandi) – Foto Hugo Viana.